Nota Fiscal para MEI no ES

Descrição: Neste post, separamos algumas dicas que vão ajudá-lo (a) a saber tudo a respeito de como emitir a nota fiscal para MEI no ES. Confira:

Nota fiscal para MEI no ES
Nota fiscal para MEI no ES

A nota fiscal para MEI no ES faz parte de uma iniciativa do SEFAZ (ES) para promover a Inscrição Estadual (IE) para (MEIs) a fim de viabilizar a emissão do fluxo de notas fiscais eletrônicas (NFe) para os diversos serviços da categoria CNAE prestados no Estado do Espírito Santo. Com esta medida, estima-se que a economia capixaba terá um excelente retorno devido às atividades dos microempreendimentos!

Além disso, esta mudança é um antigo pedido dos empreendedores (MEI) no Espírito Santo. É fato que sem a emissão de notas fiscais (NFe), as atividades prestadas pelos microempreendedores individuais ficam muito restritas. Deste modo, tem-se as seguintes dificuldades: Não vende-se para órgãos públicos. Não participa-se de licitações. Apto a vende-se para E-Commerce. Não negocia-se com grandes empresas. Não negocia-se com outros Estados no BR.

Portanto, a nota fiscal para MEI no ES – promovida através do SEFAZ (ES) – todos os (MEIs) que comercializa-se algum produto poderão ter várias alternativas de atuação em suas atividades profissionais! Além disso, a liberação da Inscrição Estadual (IE) no ES será voltada para os microempreendedores que tenham atividades que voltam-se ao: Comércio. Indústria. Ou Transporte.

Nota Fiscal para MEI no ES: Como funciona?

Em primeiro lugar, a nota fiscal para MEI no ES é acessada através do link da Prefeitura de Vila Velha, no Portal do Contribuinte. Em seguida, digita-se o usuário e a senha de acesso ao sistema para fazer login no Portal, e ter acesso aos serviços que disponibilizam-se.

Por conseguinte, a nota fiscal para microempreendedores no ES funciona através do Simplifica-ES. Deste modo, o sistema vai identificar a “Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE)” do empreendedor.

E, a partir de uma análise da solicitação para acesso ao sistema, recusa-se ou aceita-se o pedido automaticamente. A Inscrição Estadual (IE) é atribuída aos contribuintes paulistas de ICMS e permite ao estabelecimento a emissão de Notas Fiscais. O Simplifica-ES contempla os dados de todos os estabelecimentos que possuem IE.

Além disso, realizando-se a (IE) no ES através do SEFAZ, o microempreendedor (MEI) vai poder comprar de um grande atacadista, por exemplo. Deste modo, sem ser tratado como o consumidor final (CPF) para aquela compra. Neste sentido, o (MEI) poderá trabalhar de uma forma mais confortável e equilibra-se as suas atividades no mercado com a nota fiscal para MEI no ES.

Caso você, microempreendedor individual (MEI) no ES queira cadastrar-se no SEFAZ – através do Simpifica-ES – para ter acesso Portal do Contribuinte. Entre em contato agora mesmo com a nossa equipe de contadores especializada da Fraga Contabilidade que encaminharemos a você todos os procedimentos de como emitir nota fiscal para MEI no ES através do SEFAZ e da Prefeitura de sua cidade no ES!

Como realizar a emissão e notas fiscais es/espírito santo passo a passo?

Para realizar-se a emissão de (NFe) no ES passo a passo a Fraga Contabilidade poderá dar o auxílio necessário para que o (MEI) no ES possa realizar a emissão deste documento! Além disso, com o programa da Conta Azul (https://contaazul.com/) – que é a plataforma on-line para pequenos negócios e empresas (CNPJ) contábeis no BR. A emissão da (Nfe) torna-se muito mais fácil e completa de utilizar-se. Tornando-se o complexo em simples! Tudo isso, de forma automatizada e com alta produtividade nas atividades do (MEI) no ES. Portanto, é preciso levar-se em consideração alguns aspectos fundamentais dentro do sistema das Conta Azul. Como, por exemplo, durante a emissão de notas fiscais es/espírito santo deve-se observar os fatores descritos abaixo. Em suma, trata-se de procedimentos bem simples! Mas importantes para que o (MEI) no ES emita este documento fiscal sem erros. Confira:

Passo 1

  • Emissão de Nota Fiscal de Serviços Eletrônica: A emissão de (NFe) no es consiste em quatro (4) passos bem simples. Em primeiro lugar, indica-se o tomador de serviços. Bem como poderia tratar-se de uma (NFSE) de substituição. Ou uma (NFe) com data retroativa no ES. Em segundo ligar, indica-se a atividade (CNAE).

A discriminação dos serviços no ES. Bem como a tributação dos serviços prestados! O tipo de recolhimento (ISS). Local da prestação dos serviços (UF). E tributável (MEI) indica-se do mesmo modo. Além disso, no passo (3), indica-se a descrição da (NFe). Portanto, no passo (4), indica-se a quantidade (UN). Valor Unitário (em R$). ISS devido (em R$). Além disso, tributos como o (PIS), (COFINS) e (CSLL), por exemplo. Também indicam-se.

  • Tomador de Serviços: É o nome da empresa acompanhado pelo (CNPJ). Que toma os serviços no ES, por exemplo. Neste campo, indica-se o local do domicílio. Número do (CNPJ) e também lote/quadra. Telefone. E-mail de contato. Para os quais discrimina-se o tomador no ES.
  • Substituição de Nota Fiscal de Serviços Eletrônica (NFSE): Neste campo, deve-se optar se a (NFe) é de substituição (NFSE) ou não.
  • Nota Fiscal (NFe) com data retroativa: Neste campo, deve-se optar se a (NFe) é com data retroativa ou não.

Passo 2

  • Atividade (CNAE): No passo (2). Opta-se por uma das (3) atividades do (CNAE) no ES. No momento em que o cadastro (MEI) foi criado no BR.
  • Serviço: Neste campo, discrimina-se os serviços prestados para o tomador (CNPJ) no ES.
  • Tributação dos serviços prestados: Trata-se da escolha do tipo de imposto (IR) para os serviços prestados no ES.

Tipo de recolhimento: ISS a recolher pelo prestador.

Local da Prestação do Serviço: UF/Cidade.

Tributação em Vila Velha: Tributável MEI.

Alíquota (%): 0,00 (%).

Passo 3

  • Descrição da Nota Fiscal (NF-e): Trata-se do campo da descrição da (NFe) para o (CNPJ) que é emissor da (NF) no ES.

Passo 4

  • Tributação: Quantidade. Valor Unitário. Total (em R$). Preço da nota (em R$). Cálculo serviços (em R$). Valor dedução (em R$). Valor ISS devido (em R$). PIS/COFINS/INSS/IR/CSLL.
  • Emitir/Visualizar (NF-e): Conclui-se emitindo-se/visualizando-se a (NFe) cadastrada no ES, por exemplo.

Portanto, para a emissão de notas fiscais es/espírito santo deve-se seguir os (4) passos descritos acima! Além disso, o Espírito Santo conta com 346.307 microempreendedores individuais (MEIs). Deste modo, Vila Velha é o município que concentra o maior número destes empreendedores (CNPJ). Em segundo lugar, somam-se os números de (MEIs) de Serra (ES) – 53.748. Cariacica conta com 34.954 (MEIs). E a capital Vitória-ES com 32.792 (MEIs), por exemplo.

Nota Fiscal para MEI no ES: Por que realizar a Inscrição Estadual (IE) junto ao SEFAZ/ES?

Emissão de notas fiscais es/espírito santo
Emissão de notas fiscais es/espírito santo

Para que ocorra a emissão de notas fiscais es/espírito santo – a Fraga Contabilidade incentiva a realização da Inscrição Estadual (IE). Junto SEFAZ (ES), por exemplo. Em outras palavras, isso garante que o (MEI) poderá trabalhar de uma forma mais confortável e equilibrada com o mercado! Pois mesmo tendo a sua formalização ele era impedido de exercer as suas atividades em algumas áreas no BR.

Podemos citar na compra pública, por exemplo. Uma vez que o (MEI) era forçado a se transformar em uma microempresa (ME) no BR. Antes da sua maturidade, por exemplo, muitos erros gerenciais e administrativos ocorriam com este empreendedor no ES! Portanto, com o SEFAZ (ES) garante-se que a Inscrição Estadual (IE) seja uma grande oportunidade de crescimento (%) para o (MEI).

Portanto, com o SEFAZ Espírito Santo tem-se uma alternativa eficaz e segura para que o (MEI) regularize-se. E faça parte de uma das atividades do CNAE (ES). Deste modo, a economia do Estado do Espírito Santo poderá ser movimentada. Garantindo-se que o progresso econômico (%) seja alcançado na região.

Quais são as atividades CNAE/MEI no ES que o microempreendedor pode exercer?

SEFAZ Espírito Santo
SEFAZ Espírito Santo

No tópico anterior, abordou-se como o SEFAZ Espírito Santo pode garantir que o (MEI) obtenha a sua Inscrição Estadual (IE). Para que, este microempreendedor regularize-se e venha a exercer uma das atividades do (CNAE) no ES, por exemplo. Em primeiro lugar, discute-se neste tópico sobre quais são as atividades do (CNAE) que o (MEI) pode exercer. Confira a lista abaixo no link  do site  Gov.BR.

Neste sentido, as atividades CNAE – MEI classificam-se de acordo com a lista acima. Portanto, é muito importante que o microempreendedor (MEI) no ES faça a escolha da atividade primária (1). Secundária (2). E terciária (3). Para que estabeleçam-se os parâmetros de recolhimento de impostos corretos! Como, por exemplo o (ISS) e (ICMS).

Nota Fiscal para MEI no ES: Qual a importância em contratar os serviços contábeis da Fraga Contabilidade?

Uma vez que vimos que as as atividades CNAE – MEI classificam-se em um campo muito extenso, é importante pedir a ajuda de um contador qualificado no ES, como no caso da Fraga Contabilidade. Portanto, contratando-se os nossos serviços, o (MEI) no ES vai ter a tranquilidade e a alta segurança de que as categorias do CNAE (ES) são aplicáveis em seu empreendimento. E (MEI) conta também com os serviços exclusivos de um contador.

Gostou das dicas sobre Contabilidade 2022 no ES? Deixe o seu comentário e compartilhe este artigo em suas redes sociais. Siga a Fraga Contabilidade no Instagram!

Compartilhe esse post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Nós utilizamos cookies:
Armazenamos dados temporariamente para melhorar a sua experiência de navegação. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.
× Como posso te ajudar?