BLOG - Fale com stevens fraga

Stevens Fraga - Coaching Financeiro - Cientista Contábil, Especialista em Direito Tributário, Especialista em Marketing

O que é capital de giro e como utilizá-lo corretamente?

O que é capital de giro e como utilizá-lo corretamente?

O capital de giro pode ser chamado de capital de trabalho de uma empresa, ou seja, é o dinheiro necessário para que todas as atividades sejam financiadas e se consiga manter a operação normal do negócio.

O grande responsável por permitir o financiamento aos clientes, proporcionar recursos para manter o estoque, quitar fornecedores, pagar a folha salarial e as despesas operacionais da empresa é o capital de giro.

Ele se relaciona com todas as transações financeiras do empreendimento, referindo-se a todo o dinheiro movimentado em determinado intervalo de tempo.

O capital de giro exige diversos cuidados. A sua gestão errônea pode prejudicar bastante o negócio e até mesmo levá-lo à falência.

Quer aprender a utilizá-lo corretamente? Então confira a seguir!

Aprenda a calcular o capital de giro corretamente

Para utilizar o capital de giro, os empreendedores precisam entender como calculá-lo corretamente.

O seu valor é encontrado fazendo a diferença entre o ativo circulante (AC: aplicações financeiras, contas a receber, caixa, entre outros) e o passivo circulante (PC: contas a pagar, fornecedores, empréstimos etc.).

Não basta apenas conhecer a fórmula. Para administrar o capital de giro é preciso saber quais são todos os stakeholders, ou seja, todos os envolvidos com a empresa e os fatores que podem influenciá-la.

Dentre os principais stakeholders, pode-se destacar: clientes, empresas parceiras, instituições financeiras, fluxo de caixa, entre outros. Todos esses fatores podem interferir na empresa, devendo ser acompanhados de perto pelos empreendedores.

Os empresários devem sempre lembrar que mais importante do que saber calcular o capital de giro é conhecer cada um dos fatores que devem ser levados em consideração. Somente assim é possível gerenciá-lo e utilizá-lo corretamente.

Acompanhe o Fluxo de caixa

O caixa é um dos fatores de maior influência no capital de giro, por isso é essencial que os empreendedores o acompanhem continuamente. O fluxo de caixa nada mais é que a representação do momento atual da empresa, a diferença entre as receitas e as contas a pagar.

Somente por meio deles os empresários podem saber quanto de dinheiro existe disponível em caixa e se a empresa está apresentando lucro momentâneo ou não.
Gerencie o estoque

Todos os empreendedores sabem que estoque representa dinheiro retido, ou seja, menor capital de giro disponível.

Por outro lado, trabalhar com estoque muito baixo pode interferir nas operações da empresa e até mesmo fazer com que se percam clientes.

Por isso, é fundamental que os empreendedores saibam controlar e gerenciar o estoque. Deve-se buscar operar com quantidade de estoque mínima, mas que atenda perfeitamente à demanda da empresa. Dessa forma, aumenta-se o capital de giro sem prejudicar a operação.

Contrate um escritório de contabilidade

Gerenciar as finanças de uma empresa não é uma tarefa simples, e qualquer erro pode prejudicar bastante o negócio. Por isso, uma das melhores formas de garantir que as contas estejam em dia e que não sejam cometidos equívocos é contratando um escritório de contabilidade.

Contratar especialistas para controlar o capital de giro e as finanças é fundamental para toda empresa que deseja obter bons resultados e garantir a lucratividade mesmo em situações difíceis e que careçam de cuidados especiais.

Quer ficar por dentro das melhores dicas para o seu negócio? Então não deixe de assinar a nossa newsletter e mantenha sempre a sua empresa à frente da concorrência!

Stevens Fraga

Fraga Contabilidade

Busca

Anúncio

Anuncio

Mídias Sociais como Estratégia de Vendas

× Como posso te ajudar?
%d blogueiros gostam disto:
Topo