BLOG - Fale com stevens fraga

Stevens Fraga - Coaching Financeiro - Cientista Contábil, Especialista em Direito Tributário, Especialista em Marketing

Passo a passo para fazer a análise da concorrência

Passo a passo para fazer a análise da concorrência

Diante de um mercado altamente competitivo, é preciso sempre ficar de olhos bem abertos frente à concorrência para alavancar o seu negócio, apresentando diferenciais na conquista dos clientes — independentemente do ramo de atuação da empresa.

Uma boa pesquisa de mercado, além de conhecer profundamente os pontos positivos e negativos tanto do seu empreendimento quanto dos que atuam na mesma atividade, é uma tarefa imprescindível para evitar falhas e até mesmo perdas financeiras.

Realizar o monitoramento físico ou online da concorrência é essencial para melhorar as suas técnicas de persuasão e o posicionamento da sua marca. Mas você sabe fazer uma análise da concorrência?

Neste post selecionamos 4 dicas que poderão fazer a diferença no seu negócio. Confira!

1. Defina a sua concorrência

Analise os seus concorrentes em potencial, como os que vendem produtos similares aos seus e voltados a um mesmo tipo de cliente. Compare os preços e tente oferecer diferenciais, como um programa de fidelidade ou até mesmo promoções relâmpago.

Invista no marketing e esteja bem próximo aos consumidores, oferecendo produtos de qualidade e um atendimento exemplar.

2. Explore as suas vantagens competitivas

Ao conhecer bem o seu negócio, é possível explorar as vantagens competitivas para desbancar a concorrência.

Um exemplo é realizar uma boa compra com um fornecedor pouco conhecido de um produto que terá saída garantida. Ao conseguir um preço que desbanque a concorrência, certamente haverá mais movimento no seu estabelecimento.

Outra dica é investir em todos os seus pontos positivos, como atendimento, pós-venda, fluxo de caixa e entregas dentro do prazo. Explore o que há de melhor no seu negócio! Para isso, busque sempre coletar as opiniões dos clientes e dos seus colaboradores.

3. Crie questionários

Ao elaborar perguntas referentes à realidade da sua concorrência é possível traçar objetivos alicerçados no seu crescimento.

Com isso, realizar um levantamento sobre fornecedores, público-alvo, ações de marketing, parcela de mercado que o concorrente possui, margem de lucratividade, entre outros pontos, ajuda na tomada de decisões.

Trata-se de uma forma de evitar possíveis falhas que possam minar o seu negócio, ou seja, a análise da concorrência necessita de um estudo bem apurado baseado em fontes confiáveis.

4. Monitore as informações

Muitas informações podem ser monitoradas com facilidade no dia a dia, como os preços das mercadorias, os orçamentos, as atividades em mídias sociais, as promoções, as campanhas publicitárias, além dos clientes e fornecedores.

Ao ficar por dentro das ações da sua concorrência, pense em estratégias que possam ser mais rentáveis e até mesmo mais criativas na atração dos clientes. Afinal, o gerenciamento necessita de um planejamento bem estruturado, com ações que resultem em ganhos tanto para a empresa quanto para os seus clientes.

Fique atento aos detalhes e sempre invista em campanhas que chamem a atenção dos consumidores, utilizando de maneira adequada as redes sociais assim como o marketing de conteúdo.

Dessa forma, uma boa análise da concorrência ajudará o seu empreendimento a sempre estar ao lado dos vencedores, disputando ponto a ponto a conquista de novos mercados.

A sua empresa faz análise da concorrência? Você ficou com alguma dúvida sobre o assunto? Deixe um comentário e participe do debate com a gente!

Stevens Fraga

Vila Velha ES

Busca

Anúncio

Anuncio

Mídias Sociais como Estratégia de Vendas

× Como posso te ajudar?
%d blogueiros gostam disto:
Topo