BLOG - Fale com stevens fraga

Stevens Fraga - Coaching Financeiro - Cientista Contábil, Especialista em Direito Tributário, Especialista em Marketing

Contabilidade para comércio digital: saiba como converter o seu negócio offline para online

O comércio digital está tomando conta do mercado, principalmente em período de isolamento social, ocasionado pelo coronavírus (Covid-19), mas fique atento a possíveis mudanças na contabilidade do seu negócio 

O cenário digital vem se mostrando bastante favorável, ou seja, explorar essa área é importante para que a sua empresa possa sobreviver à pandemia. Entenda como a  contabilidade no meio digital pode ser uma aliada para que seu comércio online avance.

Fraga Contabilidade tem a solução para o seu negócio digital
Fraga Contabilidade tem a solução para o seu negócio digital

As lojas virtuais estão cada vez mais acessíveis, práticas e vantajosas. Contudo,  é necessário ressaltar que, para se fazer um negócio online, é preciso manter certas obrigações legais e fiscais. A formalidade neste meio é ainda mais importante, em virtude do cruzamento de dados ser mais preciso. Então, confira os tópicos a seguir!

E-commerce regularizado

Para iniciar no comércio digital, é necessário que o empreendedor abra a empresa e realize o registro do CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica) na Junta Comercial e na Prefeitura de seu município.

Nota: É possível realizar vendas online e cadastrar meios de pagamentos com o CPF, contudo, com um CPNJ, você terá benefícios, como: emissão de notas fiscais; acesso a financiamentos e empréstimos diferentes com juros atrativos; e direito a compra de produtos em atacados ou de maneira mais facilitada, diretamente com fornecedores.

Contabilidade para loja online

Se sua loja virtual for de venda de mercadorias, por exemplo, o principal imposto incidente é o estadual ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias). Já se o e-commerce for de prestação de serviços, o tributo a ser pago é o municipal ISS (Imposto Sobre Serviços).

Outro ponto a ser observado é o regime de tributação. Caso o faturamento não ultrapasse 81 mil reais por ano fiscal (valor para 2020), você poderá optar por tornar-se um microempreendedor individual (MEI). Já se o e-commerce possuir um faturamento anual de até 3,6 milhões de reais, pode optar pelo Simples Nacional. 

Existem, ainda, as opções de Lucro Presumido e Lucro Real, onde as alíquotas e tributações são definidas pela Receita Federal.

Mas se tiver alguma dificuldade, é ideal procurar uma empresa de contabilidade para auxiliar durante este processo.

Atualização das configurações de taxas

Quando se abre um negócio, as taxas de impostos são definidas pela localização, ainda que seja uma lojavirtual. Alguns impostos e taxas serão de acordo com Estado e Município de origem, outros, serão impactados pela localidade de destino. Fique atento e mantenha o seu sistema atualizado.

Compreendendo o lucro

Acompanhar a movimentação financeira do seu negócio é fundamental. A partir daí você sabe quanto está sendo gasto e qual sua renda, assim saberá a longevidade do seu empreendimento. Por isso, é importante compreender o fluxo de caixa.

Além disso, é importante ficar atento ao nível de lucratividade, por meio de relatórios de entradas e saídas, assim por exemplo, você sabe se está gastando mais do que deve. Além disso, é necessário acompanhar os pagamentos de vendas por boletos e cartões de crédito. 

Cartilha E-commerce

O Sebrae, em parceria com a Associação Paulista dos Agentes Digitais (Abradi-SP), desenvolveu o Guia de E-commerce, com o intuito de orientar empresas brasileiras que queiram ter seu próprio comércio eletrônico. 

O guia conta com um passo a passo para abertura do seu comércio digital e importantes ferramentas de promoção e divulgação do negócio, tais como links patrocinados e mídia display com a finalidade de divulgação. 

Outro item disponível no Guia, essencial para o sucesso, é analisar as alternativas de logística disponíveis.

Em tempos de isolamento social do Coronavírus, estar no ambiente virtual, com uma logística eficiente de entrega, de produtos e serviços, é fundamental para manter ou até expandir o seu negócio. Se adaptar e inovar são as palavras de ordem no momento. Desenvolva já o seu negócio virtual e comece a realizar vendas online. Entre em contato com  a Fraga Contabilidade e tenha a segurança contábil para a sua organização, com posicionamentos adequados e muito mais para o seu e-commerce funcionar. Não perca tempo!

Fraga Contabilidade

Busca

Anúncio

Anuncio

Mídias Sociais como Estratégia de Vendas

× Como posso te ajudar?
%d blogueiros gostam disto:
Topo